Segunda-feira, 14 de Junho de 2010

                    

 

    Micróbios úteis - as bactérias do iogurte

  

    -Observação ao microscópio óptico, de estreptococos e lactobacillus.

    

   -Realização da experiência de fabricação de iogurtes numa iogurteira .

 

ESTREPTOCOCOS DO IOGURTE

                                                 

 

                                      Relatório da Experiência

 

     Dia 7 de Junho

  

     Retirámos uma gotinha de soro de um iogurte natural e observámos ao microscópio.

     Conseguimos observar muitos micróbios e distinguia-se muito bem um Estreptococos.

     Também observámos muitos Lactobacillus, que são muitos e muito pequeninos.

 

 

 

                  Preparação da experiência:

 

 

         Material:

  

1 iogurte natural

1 litro de leite

1 tigela e uma colher

1 iogurteira eléctrica

 

        Procedimento:

 

- O copo nº 1 da iogurteira foi cheio com leite apenas e colocado dentro da iogurteira;

- misturámos bem o resto do leite com o iogurte;

- deitámos a mistura dentro dos outros 6 copos e colocámo-los, fechados, dentro da iogurteira;

- tapámo-la e ligámos à electricidade;

5º - enchemos outro copinho com o resto da mistura de leite e iogurte e deixámo-lo ficar fora da iogurteira.

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

  No dia seguinte, 8 de Junho, desligámos a iogurteira às 9h.

 

   Observação:

 

   - A iogurteira estava morna.

 

   - O copo nº 1, que continha só leite, tinha o leite quente e normal.

 

   - O copo que ficou fora da iogurteira com a mistura estava líquido, embora um pouco espesso.

 

   - Os 6 copos da iogurteira continham iogurte sólido e também bastante soro em cada um.

 

Este copo foi o que ficou fora da iogurteira.
 

 

   De seguida, colocámos os iogurtes numa geleira para refrescarem, pois estavam mornos.

 

 

   Às 11 horas, os iogurtes já estavam frescos.

   Dividimo-los em copinhos e comêmo-los com doce de morango ou com um pouco de açúcar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 ESTAVAM MUITO BONS!!!!!!!!!!!!!                                                            

 

 

 

 

 

Gostámos muito desta experiência e gostávamos de fazer outra,  porque são muito interessantes e aprendemos muitas coisas novas com estas actividades!

                                                       

                                                                   

       

 

   Conclusão: 

 

   Aprendemos que os iogurtes são feitos com a acção de micróbios úteis - as bactérias lactobacillus e estreptococos , que transformam o leite em iogurte.

   Para se reproduzirem e fazerem essa transformação, essas bactérias precisam de estar cerca de 12 horas a uma temperatura adequada ( de aproximadamente 38 a 40 graus).

   Por esta razão é que o leite do copo que ficou fora não se transformou em iogurte: não esteve à temperatura adequada. E o que ficou lá dentro só com leite esteve a essa temperatura mas não continha as bactérias do iogurte.

   Tinha que ter as duas condições para fazer os deliciosos iogurtes que nós comemos!                                    

       

         

                                                                                          

                                                                                                                                                                                                                               

                                                                                     



publicado por outrosreguilas às 22:10
4º ANO TURMA 19 EB1 CADAVAL PROF. CELINA DOMINGUES
mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO